Revista Rua


Linguagem e Conhecimento: Produção e Circulação da Ciência
Production and Circulation of the Science

[Eduardo Guimarães] 
Professor do Departamento de Lingüística do Instituto de Estudos da Linguagem-IEL da Universidade Estadual de Campinas-Unicamp. Endereço institucional: Universidade Estadual de Campinas, Cidade Universitária “Zeferino Vaz”: Rua Sérgio Buarque de Holanda, n. 571, CEP 13083-859, Campinas-SP-Brasil, Cx. Postal: 6045 – CEP 13083-970. Fone: 55-0xx19-35211511/1512. E-mail: eduardoguimaraes@reitoria.unicamp.br

---------------------------------------------------------------------------------------

Para citar essa obra:
GUIMARÃES, Eduardo. Linguagem e Conhecimento: Produção e Circulação da Ciência. RUA [online]. 2009, no. 15. Volume 2 - ISSN 1413-2109  
 
Resumo:
O objetivo deste texto é refletir sobre a produção e circulação do conhecimento na sociedade contemporânea, claramente marcada pelo prestígio da ciência e da tecnologia. Parte-se da constatação de que, dadas as condições históricas atuais, o domínio da ciência e da tecnologia tem um lugar fundamental na vida das pessoas hoje, que esperam delas o bem-estar, a cura, a diversão, o trabalho etc. A atenção do texto se localiza na análise da circulação do conhecimento científico, aqui considerada como fazendo parte do processo de produção de conhecimento. Mais especificamente, a atenção deste texto se volta para aspectos do funcionamento enunciativo das políticas científicas e das relações entre Estado, mídia e sociedade. Por esta análise se procurará ver como o processo de circulação de conhecimento afeta as pró-prias condições de sua produção, na medida em que produz sentido no embate político de que participa.  
Palavras Chave: circulação do conhecimento, divulgação, ciência, tecnologia, Mídia, enunciação  
 
Abstract:
The objective of this text is to reflect upon the production and circulation of knowledge in contemporary society, clearly marked by the prestige of science and technology. We start with the ascertation that, given the present historical conditions, the domain of science and technology has a fundamental place today in the lives of individuals, who expect them to provide well being, cures, entertainment, work, etc.
The attention of the text is located in the analysis of the circulation of scientific knowledge, considered here as being part of the process of knowledge production. More specifically, the attention of this text is directed to aspects of the enunciative functioning of scientific policies and of the relations among State, media and society. Through this analysis, we will attempt to see how the process of knowledge circulation affects its own conditions of production, as it produces meaning in the political clash in which it participates.  
Keywords: circulation of knowledge, disclosure, science, technology, media, enunciation